15 de dez de 2011

'Chique é crer em Deus', por Glória Kallil

Nunca o termo "chique" foi tão usado para qualificar pessoas como nos dias de hoje.

A verdade é que ninguém é chique por decreto. E algumas boas coisas da vida, infelizmente, não estão à venda.
Elegância é uma delas. Assim, para ser chique é preciso muito mais que um guarda-roupa ou closet recheado de grifes famosas e importadas. Muito mais que um belo carro Italiano.

O que faz uma pessoa chique, não é o que essa pessoa tem, mas a forma como ela se comporta perante a vida.

Chique mesmo é ser discreto. Quem não procura chamar atenção com suas risadas muito altas, nem por seus imensos decotes e nem precisa contar vantagens, mesmo quando estas são verdadeiras.

Chique é atrair, mesmo sem querer, todos os olhares, porque se tem brilho próprio.

Chique mesmo é ser discreto, não fazer perguntas ou insinuaçõe inoportunas, nem procurar saber o que não é da sua conta.

É evitar se deixar levar pela mania nacional de jogar lixo na rua.

Chique mesmo é dar bom dia ao porteiro do seu prédio e às pessoas que estão no elevador.
É lembrar-se do aniversário dos amigos.

Chique mesmo é não se exceder jamais! Nem na bebida, nem na comida, nem na maneira de se vestir.

Chique mesmo é olhar nos olhos do seu interlocutor.

É "desligar o radar", "o telefone", quando estiver sentado à mesa do restaurante, prestar verdadeira atenção a sua companhia.

Chique mesmo é honrar a sua palavra, ser grato a quem o ajuda, correto com quem você se relaciona e honesto nos seus negócios.

Chique mesmo é não fazer a menor questão de aparecer, ainda que você seja o homenageado da noite!

Chique do chique é não se iludir com "trocentas" plásticas do físico... quando se pretende corrigir o caráter: não há plástica que salve grosseria, incompetência, mentira, fraude, agressão, intolerância, ateísmo... falsidade.

Mas, para ser chique, chique mesmo, você tem, antes de tudo, de se lembrar sempre de o quão breve é a vida e de que, ao final e ao cabo, vamos todos terminar da mesma maneira, mortos sem levar nada material deste mundo.

Portanto, não gaste sua energia com o que não tem valor, não desperdice as pessoas interessantes com quem se encontrar e não aceite, em hipótese alguma, fazer qualquer coisa que não lhe faça bem, que não seja correta.

Lembre-se: o diabo parece chique, mas o inferno não tem qualquer glamour!

Porque, no final das contas, chique mesmo é Crer em Deus!

Investir em conhecimento pode nos tornar sábios... mas, Amor e Fé nos tornam humanos!

GLÓRIA KALLIL

8 de dez de 2011

As borboletas, e a continuação da vida

Há algumas semanas atrás, numa noite comum, percebi em meu quarto a presença de uma pequena borboleta, cor de ouro envelhecido. Notei que ela estava com um ferimento em uma das asas, mas nada que, aparentemente, lhe causasse maiores danos.

Depois de planar pelo aposento, vi que ela pousou em uma das portas da parte superior do guarda-roupa. E lá ficou um bom tempo, até porque a cor amadeirada do móvel devia lhe transmitir uma certa segurança vital. Percebi logo seu nítido intuito de lá passar a noite. Adormeci. Adormecemos.

No outro dia pela manhã, ao me vestir, e quando já tinha até me esquecido da existência daquela criatura, notei que ela permanecia no mesmo lugar, inerte. Ao aproximar a visão, percebi que ela estava meio tombada, sendo retida no local apenas pelas características próprias de seus membros, e também pelo relevo do objeto.

Num ímpeto de curiosidade, toquei sutilmente no inseto para ver se esboçaria alguma reação mas, para minha surpresa, ele despencou em queda livre até o chão.

Não tive dúvidas: a borboleta estava morta. Não havia nenhuma reação nela, nada, nadinha. Assim como caiu, lá ficou. A minha pressa em ir trabalhar não me permitiu retirar o cadáver do local, e a única certeza que eu tinha era que ela já estava, quando entrou no meu quarto, procurando um local para desfalecer.

[...]

Fui trabalhar, estudar, viver. Me esqueci do ocorrido. Após o dia repleto de atividades, voltei pra casa, e o cansaço devido à correria típica de uma semana decisiva do final da faculdade sequer me permitiu lembrar do animalzinho na noite seguinte. 

Foi somente no dia seguinte, quando fui limpar o quarto, que me surpreendi de maneira inacreditável. Com a vassoura em mãos, percebi a presença da borboleta ainda em meu quarto. Pensei “nossa, mas já faz tanto tempo que ela morreu, ainda não tirei ela daqui?!”... ao tentar varrer a criatura, o susto: eis que ela levanta um vôo raso. Ela estava desorientada, não conseguia encontrar uma direção. Eu ria, achava aquilo incrível. Ao perceber que ela não iria conseguir sair do quarto, até porque estava ferida, tratei de tê-la em minhas mãos, levando-a até a janela, onde, após admirá-la por um instante, lancei o animalzinho ao ar, já esperando uma nova queda no jardim.

Foi o vôo mais lindo que um ser humano pôde contemplar nos últimos tempos! Ela voou sublimemente, voou alto para a copa da goiabeira, como se nada houvesse acontecido. Como se nunca tivesse morrido. Como se não houvesse passado mais de 24hs inerte naquele piso frio, em meio à sujeira acumulada no quarto de um universitário quintanista.

[...]

Lendo uma passagem de Atos na última noite, me deparei com o seguinte texto:

No primeiro dia da semana, estando nós reunidos com o fim de partir o pão, Paulo, que devia seguir viagem no dia imediato, exortava-os e prolongou o discurso até a meia-noite.
Havia muitas lâmpadas no cenáculo onde estávamos reunidos.
E, estando um certo jovem, por nome Êutico, assentado numa janela, caiu do terceiro andar, tomado de um sono profundo que lhe sobreveio durante o extenso discurso de Paulo; e foi levantado morto.
Paulo, porém, descendo, inclinou-se sobre ele e, abraçando-o, disse: Não vos perturbeis, que a sua alma nele está.
E subindo, e partindo o pão, e comendo, ainda lhes falou largamente até à alvorada; e assim partiu.
E levaram vivo o jovem, e ficaram não pouco consolados. (
At 20.7-12)

A vida está nele!  Continua nele, não vos perturbeis!! OLHA SÓ!

Por que? Propósitos! A vida continua, apesar da luta, da adversidade, dos momentos de fraqueza e aparência de morte!!! Quantas vezes passamos por momentos difíceis em nossas vidas, em que pensamos que realmente não poderemos suportar o fardo que o mundo e que as circunstâncias colocam sobre nós! Quantas vezes somos levados a crer que a dificuldade é tamanha que, mais cedo ou mais tarde, nossa fé vai desmoronar, junto com nossa capacidade de reação.


Há vida, ainda! Creia!

No mesmo instante em que li o texto bíblico citado, tocou no meu rádio uma canção que fala assim: “levante as mãos e no fim comece o início de uma nova vida...”.

Coincidências?

Deus te abençoe. Que você possa crer que Ele é capaz de renovar suas forças!

HÁ VIDA...

13 de nov de 2011

SENSAÇÕES


Enquanto a chuva cai lentamente lá fora
Fico aqui deitado a pensar,
A olhar intensamente para esse infinito de sensações...
Ora para o laranja vibrante da parede protagonista;
Ora para as folhas de cor verde-escuro da jaqueira,
que são sutilmente balançadas pela brisa
quase que perene dessa estação –  fora de estação.

Lá, pouco abaixo da veneziana cor de ouro envelhecido,
Encontra-se aquela mimosa banqueta de madeira,
Fruto de mãos marceneiras cheias de inspiração,
Sabiamente desenhada e maquiada com verniz.
Sobre ela, um comprido copo de cor rosa-choque
Lembrança de outras festas, e que agora
Não passa de peça de decoração. Na verdade, sempre
Esteve fadado a isso: mera alegoria.
Ao seu lado, o tic tac incessante dos ponteiros dourados que,
A despeito de qualquer labirintite, percorrem a face polida
Da rocha verde-petróleo, transformada em utensílio humano.

É o artificial mais o natural. 
Mais o artificial, menos o natural.
O homem sempre muda.
Ou sempre tenta mudar.
E eu continuo olhando, e sentindo...







*Fruto de momento de reflexão com a Bia, 
homenagem a ela.

9 de nov de 2011

Faculdade acabando

Nossa, quanto tempo sem escrever aqui!!!


Muita coisa mudou:

- últimos dias de faculdade, útimos trabalhos, provas exaustivas;
- monografia pra escrever, agora na expectativa de defender o trabalho (com unhas e dentes, depois de tanto esforço);
- prova da OAB - 1ª fase já foi, após um pouco de suor e correria. O gabarito saiu há uns 10 dias, foi bem emocionante! hehe... que venha a segundona!

Além do mais, o 'advento' do Facebook deu uma esfriada na blogosfera, e eu fiquei um bom tempo sem desabafar por aqui....

Mas to preparando algo fresquinho pra cá, logo logo posto!

Abs.

PS.: Acredito que vou sobreviver.

17 de out de 2011

Lucas Souza em Maringá foi assim...

O evento Moving teve a participação do cantor Lucas Souza, e foi realizado no último dia 15/10, sábado, na Ig. Batista Sião, aqui em Maringá.



Além de dirigir o louvor, ele falou muito sobre a "cultura do reino", ou seja, a cultura pura do evangelho, que deve marchar contra a cultura do mundo, no sentido de fazer saber a esta geração as diferentes vertentes possíveis para seus caminhos. O mundo tem oprimido os cristãos da atualidade, apregoando seus valores, suas características, sua cultura. Em meio a isso é que surge a necessidade de se viver e, consequentemente, defenser, a cultura do Reino, que consiste em pregar as boas novas aos cativos, curar os enfermo, libertar os oprimidos, nos termos de Isaías 61.


"O que te move?? Olhe somente pra Jesus, não olhe pra você. Não olhe pra sua carnalidade. Não olhe pra suas fraquezas. Seja movido pelo Espírito."



"Alvo mais que a neve: devemos entender que é assim que Ele nos vê."



"Deus está levantando pessoas dispostas a levarem seu nome. Estão ocorrendo movimentos incendiários em várias regiões do país, e do mundo. Esse é o caminho da Revolução. Eu creio que muitas coisas vão acontecer nas empresas, no trabalho, e principalmente nas Universidades, que é o lugar de produção de cultura, de conhecimento. É por isso que eu vivo."


"Ler a Bíblia é diferente de ter revelação do que está na Bíblia."

"A Igreja é feita por pessoas diferentes, que se agrupam segundo suas particularidades, segundo o que elas têm em comum. Daí a multiplicidade de denominações. Todavia Deus não nos chamou para sermos grupos isolados; ele nos chamou para sermos Igreja."

O que te move?
Até onde você é capaz de ir com suas próprias forças??

20 de set de 2011

Aprenda a chamar a polícia...

Tenho sono muito leve, e numa noite dessas notei que havia alguém andando sorrateiramente no quintal de casa.

Levantei em silêncio e fiquei acompanhando os leves ruídos que vinham lá de fora, até ver uma silhueta passando pela janela do banheiro.


Como minha casa era muito segura, com grades nas janelas e trancas internas nas portas, não fiquei muito preocupado, mas era claro que eu não ia deixar um ladrão ali,espiando tranqüilamente.


Liguei baixinho para a polícia, informei a situação e o meu endereço. Perguntaram- me se o ladrão estava armado ou se já estava no interior da casa.. Esclareci que não e disseram-me que não havia nenhuma viatura por perto para ajudar, mas que iriam mandar alguém assim que fosse possível.
 
Um minuto depois liguei de novo e disse com a voz calma:


-Oi, eu liguei há pouco porque tinha alguém no meu quintal. Não precisa mais ter pressa. Eu já matei o ladrão com um tiro da escopeta calibre 12, que tenho guardada em casa para estas situações. O tiro fez um estrago danado no cara!

Passados menos de três minutos, estavam na minha rua cinco carros da polícia, um helicóptero, uma unidade do resgate, uma equipe de TV e a turma dos direitos humanos, que não perderiam isso por nada neste mundo.


Eles prenderam o ladrão em flagrante, que ficava olhando tudo com cara de assombrado.

Talvez ele estivesse pensando que aquela era a casa do Comandante da Polícia.


No meio do tumulto, um tenente se aproximou de mim e disse:
-Pensei que tivesse dito que tinha matado o ladrão.


Eu respondi:


- Pensei que tivesse dito
que não havia nenhuma viatura disponível.
 

(Luiz Fernando Veríssimo)



APRENDA A CHAMAR A POLÍCIA!...

15 de set de 2011

Na boa, não acredito em barbeiros...

Um homem foi ao barbeiro. E enquanto fazia a barba e tinha seus cabelos cortados conversava com ele. Falava da vida e de Deus. Dai a pouco, o barbeiro incrédulo não aguentou e falou:

- Deixa disso, meu caro, Deus não existe!

- Por quê?

- Ora, se Deus existisse não haveria tantos miseráveis, passando fome! Olhe em volta e veja quanta tristeza. É só andar pelas ruas e enxergar!

- Bem, esta é a sua maneira de pensar, não é?

- Sim, claro!

O freguês pagou o corte e foi saindo, quando avistou um maltrapilho imundo, com longos e feios cabelos, barba desgrenhada, suja, abaixo do pescoço. Não aguentou, deu meia volta e interpelou o barbeiro:

- Sabe de uma coisa? Não acredito em barbeiros!

- Como?

- Não acredito. Pois se existissem barbeiros, não haveria pessoas de cabelos e barbas compridas!

- Ora, eles estão assim porque querem. Se desejassem mudar, viriam até mim!

Ao que o homem respondeu:

- Entendeu agora?

4 de set de 2011

1 de ago de 2011

Como pedir uma pizza em 2030



Telefonista : Pizza Hot, boa noite!

*
 Cliente : Boa noite! Quero encomendar pizzas...
Telefonista : Pode me dar o seu NIDN?

* Cliente : Sim, o meu número de identificação nacional é 6102-1993-8456-54632107. 

* Telefonista : Obrigada, Sr.Lacerda. Seu endereço é Avenida Paes de Barros, 1988 ap. 5 B, e o número de seu telefone é 5494-2366, certo? O telefone do seu escritório da Lincoln Seguros é o 5745-2302 e o seu celular é 9266-2566.

* Cliente: Como você conseguiu essas informações todas?

* Telefonista : Nós estamos ligados em rede ao Grande Sistema Central. 

* Cliente: Ah, sim, é verdade! Eu queria encomendar duas pizzas, uma de quatro queijos e outra de calabresa...

* Telefonista: Talvez não seja uma boa idéia...

* Cliente: O quê?

* Telefonista: Consta na sua ficha médica que o Senhor sofre de hipertensão e tem a taxa de colesterol muito alta. Além disso, o seu seguro de vida proíbe categoricamente escolhas perigosas para a sua saúde.

* Cliente: É você tem razão! O que você sugere?

* Telefonista : Por que o Senhor não experimenta a nossa pizza Superlight, com tofu e rabanetes? O Senhor vai adorar! 

* Cliente: Como é que você sabe que vou adorar?

* Telefonista: O Senhor consultou o site 'Recettes Gourmandes au Soja' da Biblioteca Municipal,dia 15 de janeiro, às 4h27minh, onde permaneceu conectado à rede durante 39 minutos.
Daí a minha sugestão... 


* Cliente : OK está bem! Mande-me duas pizzas tamanho família!

* Telefonista: É a escolha certa para o Senhor, sua esposa e seus 4 filhos, pode ter certeza.

* Cliente : Quanto é? 

* Telefonista : São R$ 79,99.

* Cliente: Você quer o número do meu cartão de crédito?

* Telefonista : Lamento, mas o Senhor vai ter que pagar em dinheiro. O limite do seu
cartão de crédito já foi ultrapassado. 


* Cliente: Tudo bem, eu posso ir ao Multibanco sacar dinheiro antes que chegue a pizza.

* Telefonista: Duvido que consiga! O Senhor está com o saldo negativo
no banco.
* Cliente: Mas o que é isso ?!!!! Mande-me as pizzas que eu arranjo o dinheiro. Quando é que entregam?
* Telefonista: Estamos um pouco atrasados, serão entregues em 45 minutos. Se o Senhor estiver com muita pressa pode vir buscá-las, se bem que transportar duas pizzas na moto não é aconselhável, além de ser perigoso...

* Cliente: Mas que história é essa, quem foi que disse que eu vou de moto? 

* Telefonista: Peço desculpas, mas reparei aqui que o Sr. não pagou as últimas prestações
do carro e ele foi penhorado. Mas a sua moto está paga, e então pensei que fosse utilizá-la...


* Cliente: @#%/§@&?#>§/%#!!!!!!!!!!!!! 

* Telefonista: Gostaria de pedir ao Senhor para não me insultar... Não se esqueça de que o Senhor já foi condenado em julho de 2006 por desacato em público a um Agente Regional. O senhor não é mais réu primário ...
* Cliente: (Silêncio)

* Telefonista: Mais alguma coisa? 

* Cliente: Não, é só isso... Não, espere... Não se esqueça dos 2 litros de Coca-Cola que constam na promoção.


* Telefonista : Senhor, o regulamento da nossa promoção, conforme citado no artigo 3095423/12, nos proíbe de vender bebidas com açúcar a pessoas diabéticas... 

* Cliente: Aaaaaaaahhhhhhhh!!!!!!!!!!!
Vou me atirar pela janela!!!!!


Telefonista: Grande coisa! Aqui diz que o senhor mora num apartamento térreo ! 








18 de jul de 2011

Não deu... e agora?

Não saiu ainda o resultado da primeira fase do exame da Ordem, mas estou sem grandes expectativas. Sendo realista, não tenho muitas* chances.

E agora? O que fazer?



Simples: nada. Há o que fazer? Não... Ah sim, estudar e me preparar para o próximo, que tudo indica ser no final deste ano.



Nesta hora o sentimento de frustração vem. É inevitável. Aquele sentimento sombrio de que "não fui capaz"...

[...]

Me lembro perfeitamente do meu primeiro do vestibular, aos 17 anos, no final do terceirão. Minha pontuação ficou abaixo da média. Eu fiquei chateado, mas procurei dar o meu melhor no segundo. Aí, seis meses depois e com bastante esforço, superei centenas de candidatos e entrei pra galeria dos aprovados em Direito na UEM.



Ontem uma frase no twitter me fez refletir sobre a alta taxa de reprovação nos exames da OAB: o quesito "pressão" (@Abigobaldo)*. Pressão da faculdade, dos amigos, da família, e a do próprio candidato.



Incrível como a gente é 'coagido' a ser sempre o melhor né? Sabe, quanto àquele meu primeiro vestibular, em 2005, eu realmente achava que iria passar de primeira. Sem cursinho nem nada. E por quê? Porque algumas pessoas, e posso aqui citar especificamente minha querida professora "Dalua" (apelido dado por algumas pessoas de coração mau), diziam isso! Sim, desde a 7ª (SÉTIMA!) série já me falavam isso!



Entre os amigos, vizinhos e família eu sempre ouvi coisas semelhantes: "nossa, você é CDF", "CRÂNIO", "vai se dar bem na vida", "é a nossa esperança", "é o nosso exemplo", "tenho plena confiança em você"...



Como uma criança reage a isso??? Hã? Sem nenhuma maturidade emocional e já obrigada a conviver com responsabilidades que escolheram pra ela!



Isso é algo a ser pensado. É uma questão de revermos a maneira como criamos nossos filhos ou educamos nossos alunos. A droga da COMPARAÇÃO existe, e deve ser combatida.



Prova disso? Impossível não me comparar com meus amigos de faculdade que passaram e vão passar nesse Exame da OAB. Eles vão, eu vou ficar....



Até onde essa comparação é saudável? Até onde essa pressão, mesmo que interna, pode ir??



Não é tão simples assim. Não é matemático (no caso, 2 + 2 não são 4). Pessoas são seres complexos, dotadas de carga cultura e cognitiva individual. Não dá pra generalizar. Cada um reage de uma forma, cada uma pensa uma coisa. Cada ser tem princípios e valores próprios.


Aprendi que não devemos nos comparar aos outros, mas com o melhor que podemos ser. (autor desconhecido)


Olhe pra sua família. Você e seus irmãos são iguais? Pensam igual? Seus pais e seus tios, como são? Foram ou não criados juntos?



Generalizar pessoas (a 'coisa' mais sui generis que existe) é o nosso erro. Eu tenho uma formação específica, valores específicos, um pensamento específico. Uma maneira específica de aprender e lidar com as informações. Isso é fato.



Além do mais, existem dias e dias. Cada dia nosso estado de espírito está de uma forma: mais relaxado, mais apreensivo, mais confiante... As circunstâncias, e o funcionamento do nosso organismo, influem em nossa disposição!

Outra coisa que ouvi muito antes dessa prova foi "Nossa, pra fazer essa prova de R$ 200,00 tem que estar preparado, né"...

Aí eu te pergunto: O que é estar preparado? Hã? Ter estudado muito, decorado os 18.000 artigos? Só isso? Apenas isso conta? Como já disse, cada dia é um dia... Nosso emocional é fator decisivo na hora decisiva. E olha que pode ser o cara mais Nerd do mundo...


Quando a gente dá a cara a tapa, tem que se preparar, pois os tapas podem vir.


Errando é que se aprende. Não sei se esse bordão é totalmente correto, mas pra muitas coisas, ele se encaixa perfeitamente. Uma carreira pessoal e profissional de sucesso não surge de uma hora pra outra. Somos fruto de nossas experiências, de nossos acertos, e também das quedas. E isso, querendo ou não, acaba se aplicando a quase todas as áreas de nossas vidas.

[...]

Bom, o próximo exame deve ser em novembro ou dezembro. Não sei se vou fazer; e se fizer, não sei se vou passar. Não sei. Deus queira que sim.


Não quero agredir ninguém com isso. Quero apenas desabafar, me livrar do peso que não me pertence. Não quero viver assim. Não quero ser obrigado a ser uma estatística! Tenho valores próprios, experiências próprias, TENHO UMA VIDA PRÓPRIA, E NINGUÉM VIVE ELA POR MIM, SOMENTE EU MESMO!



Renunciar à carga. Renunciar ao fardo... CHEGA DE CULPA! Somos diferentes!



Não sou o melhor. E não é porque não passei de primeira nesse exame, como muitos (inclusive eu mesmo) queriam, que vou me tornar o pior. Entendam, perfeição não existe. To saindo expressamente dessa...



Espero ter ajudado alguem com isso. Mas se eu mesmo já tiver aprendido alguma coisa, já terá valido a pena...



"Tudo tem seu tempo determinado, e há tempo para todo propósito debaixo do céu: tempo de nascer e tempo de morrer, tempo de plantar e tempo de arrancar o que se plantou." (Ec 3.1,2)


*Acrescentei algumas horas depois de publicar.

14 de jul de 2011

Papagaios



Já não é tarde, ainda não é noite
mas isso pouco importa...
O tempo continua claro, e eles continuam lá,
reinando acima de nós, acima de todo o pó sedimentado sobre os telhados,
acima de nossas aspirações e ilusões astutas.



O céu outrora azul brilhante já não é tão brilhante,
o astro rei se foi e a rainha surge no horizonte oposto,
em forma de um grande queijo albino,
destoando da beleza do dia que se vai,
semeando graça genuína na noite que vem...
E eles continuam lá, reinando, sem pressa de parar...



Reinando na imensidão desse azul envelhecido,
dessas novens cor-de-rosa, iluminadas pela luz tangente do astro rei,
essas nuvens como que artesanalmente pulverizadas,
a fim de compor um cenário divino.
Que maravilha!



Papagaios reinando: demontrando a alegria da infância,
o desapego que reina no ser humano, enquanto ainda é ser humano,
enquanto ainda se emociona com o fato de poder voar...
Que ousadia! Dança, vai e vem, é livre!!



Papagaios reinando... um, dois, tres... são mais de dez!
Reinando, livres a dançar na imensidão dessa abóbada tão terrestre.
Livres a ziguezaguear, no intuito de transmitir o desejo daqueles que os governam:
o anseio por liberdade, a vontade de voar e ser livre.

29 de jun de 2011

Amanhã, FIM.


Vai doer, eu sinto que vai! Já sinto, já sinto a dor!
Despedidas certamente não são a coisa que eu mais ame no mundo...

Anos de laços e entrelaços, de ida e vindas,
De abraços carinhosos.
De felicidade.
De sorriso.
De vida.

Anos de empenho e dedicação
De luz em meio à escuridão, de um desbravar selvagem desse meio hostil.
Anos de vitórias, conquistas e também derrotas...
Anos de sentimentos maravilhosos, e exacerbados.

Não há como fugir: a tristeza do adeus bate à porta.
Aí virá aquele contentamento descontente
Mais descontente que contente
Que somente aqueles que passaram pelo epílogo conhecem: chegará o fim!

Reflexão. Dor. Saudosismo...

[...] Mas não posso me esquecer do ilustre mestre,
Que já dizia para não sofrermos por antecipação.
Afinal, pra quê? Tudo tem seu tempo; sábio Salomão.

Não soframos!!!

[...] É que às vezes é difícil se resignar à situação,
Difícil aceitar que uma parte tão doce – a cereja – está indo embora.
O que sobrarão? As lembranças, memórias, fotos
e o calor daqueles que calorosamente me abraçaram
E se abraçaram. Nos abraçamos!

Vai sobrar o romantismo do primeiro amor
Esse amor ensandecido, frenético,
Que pulsa por mais, que pulsa por conquistas,
Que vibra pelo simples prazer de ser!
Ser livre, ser louco, ser sábio, e não ser mais um...



Quer saber, enquanto esse momento não vem,
Quero que a intensidade me consuma!
Sei que daqui a pouco vamos sofrer,
 mas que esses momentos de sofreguidão não sejam capazes de apagar este brilho,
o brilho dos anos de ouro.

Certamente, no final, em meio às lágrimas, diremos: Valeu a pena...
23/06/11, 02h35

 

Na cabeça de cavalo...


Não descubra
Aquilo
Que você não deve descobrir.

Não pergunte
Por aquilo
Que você não deve perguntar.

Sob pena de:
Desorientação
Medo
Dúvida
Temor, destemor.

Não vá além daquilo que lhe impuseram.
Creia, lhe impuseram por amor. Pra te poupar.

Larga de ser trouxa e pára de procurar
Chifres em cabeça de cavalo.

Pois, se há chifres na cabeça de cavalo,
A pessoa que pode te explicar não está aqui, está lá.
E você pode até procurar o significado, o motivo.

Em vão.

Não encontrei ninguém que possa explicar.
Nenhuma carne pode explicar.
Nenhuma mente humana pensante pode explicar.
Minhas tentativas se frustraram, e os chifres continuam,
Inexplicavelmente, lá.

Como os chifres incomodam. Malditos chifres na cabeça do cavalo.

Queria gritar bem alto: chifres, seu lugar não é aqui. NÃO!
Mas eles não me ouvem.... I’m sorry... sigo tentando...

A pessoa que pode explicar não está aqui, está lá.
Lá em cima.

7 de jun de 2011

30 coisas que o Alex precisa saber antes de voltar ao Brasil

Bom, ele anunciou a sua volta. Após 5 anos na Espanha, Alex dos Reis Ribeiro disse que volta ao Brasil. Particularmente, eu só acredito vendo. Bom, como muita coisa mudou por aqui, é bom alertá-lo para que não sofra um choque cultural irreversível quando colocar seus pés em terras tupiniquins.

Vamos lá:  

30 coisas que o Alex precisa saber antes de voltar ao Brasil

  1. A maioria dos seus amigos estão casados, ou fazendo faculdade, ou com filhos e desorientados.
  2.  Já não sou o mesmo garoto que era aos 18 anos. Eu estou mais popular, mais fortinho (poderia ser mais), mais alto, cabeludo e supersimpático. Claro, humilde.
  3. Tenho uns 200 novos amigos.
  4. Estou ainda mais inteligente que você.
  5. Tenho uma moto, um quarto personalizado e um banheiro (praticamente) individual.
  6. Tenho uma cadela chamada Estrela, que encontrei abandonada na UEM. Todos dizem que é minha filha. É desobediente, mas amo ela.
  7. Agora tem um espaço cultural gospel na cidade, é “O Camarim”.
  8. Maringá tem 965 eventos gospeis por mês.
  9. Agora tem um site de fotografias e publicidade só pra cobrir os eventos: é o Maringospel.com.
  10. A geração Diante do Trono cresceu. A gente não curte mais (salvo exceções). Entenda.
  11. A música internacional me dominou: Jeremy Camp, Hillsong, Third Day, Lifehouse, Desperation Band, Casting Crowns etc.
  12. Nacionais: Rodolfo Abrantes, Megafone, Rede Ativa, Storge2, Heloísa Rosa, Resgate, Lucas Souza, Livres para Adorar, Vila do Louvor. Diante do Trono não, entenda.
  13. Estou envolvido com trabalho missionário/evangelístico na Universidade. É muito massa.
  14. Nada é como antes. Ninguém tem mais tempo pra nada. Todos trabalham, estudam, e levam suas vidas. É um saco.
  15. Você é criticado ao confessar que assiste novelas. Prefira filmes e séries pois dão status de intelectual.
  16. O CQC é um programa de jornalismo humorístico que faz piadas com políticos e famosos.
  17. A porcaria do BBB vai pra 12ª edição. Já temos uns 160 ex-BBBs. Já não é o bastante?
  18. O Conj. Guaiapó está totalmente asfaltado, e dá de 10 a 0 em muito bairro maringaense.O Conj. Requião agora tem 2 viadutos, e uma 'rodovia' cortando ele ao meio.
  19. Bandas coloridas de HappyRock e o sertanejo universitário dominaram a música secular.
  20. Vila Morangueira, Zona 7 e Vila Esperança superaram o Conj. Requião em criminalidade. Nem cito o Jd. Alvorada pois é fato notório.
  21. Todavia, o Conj. Requião é referência em tráfico de drogas (apesar que o problema é geral).
  22. Maringá completou 64 anos mês passado, e em 2010 foi a cidade que mais recebeu verbas da União (índice por eleitor).
  23. Ainda assim, Maringá continua sem saber o que fazer com o seu lixo.
  24. Maringá agora tem um restaurante popular que vende refeições a R$ 1,50. Quem come lá não são os mendigos, é a classe média.
  25. A UEM foi considerada pelo terceiro ano consecutivo como a melhor Universidade do Paraná. E a gente continua sem segurança, sem livros e armários na Biblioteca, sem um Restaurante Universitário decente e sem um monte de coisa.
  26. O projeto do trem de passageiros entre Maringá e Londrina continua no papel.
  27. A vila olímpica de Maringá finalmente foi inaugurada, e tem piscina, quadras, velódromo, lugar pra patinação e etc.
  28. O Grêmio Maringá (ou Metropolitano ou Galo) continua uma droga.
  29. Maringá é a segunda cidade com mais carros por habitante no Paraná, o trânsito mata pra caramba, e só esse ano já foram distribuídas cerca de 20 mil multas. No horário do rush, temos um caos urbano!!!
  30. Você não vai ser o centro do universo. Pode tirar seu cavalinho castellano da chuva.

2 de jun de 2011

Mudança de fases...

"Até à vossa velhice eu serei o mesmo, e ainda até às cãs eu vos carregarei; já o tenho feito; levar-vos-ei, pois, carregar-vos-ei e vos salvarei." (Isaías 46.4)


Como é insegura esta nova fase que está à nossa frente! Insegurança nos torna inquietos e nervosos. 

Quantas coisas poderão nos acontecer! Você deseja estar eternamente seguro? 

Então esteja disposto a aceitar e cumprir as duas condições que a Bíblia impõe para isso.

A primeira é: "...o que me der ouvidos habitará seguro", e a outra é: "Quem anda em integridade anda seguro"

Dar ouvidos ao que Deus diz é estar disposto a seguir a Jesus a qualquer preço. 

E você é íntegro aos olhos de Deus quando crê no poder purificador do sangue de Jesus e aceita o perdão dos pecados em arrependimento sincero.

Talvez você se pergunte angustiado: "O que será que espera por mim nesta nova fase que está pela frente?" 

Mas, tão logo você começar a reconhecer o poder sustentador de Jesus, suas rugas de preocupação começarão a desaparecer. 

O que foi que Ele carregou? (1) Uma coroa de espinhos, (2) a cruz, e (3) o pecado do mundo. 

O que Ele carrega agora? O mundo todo em Seus ombros. E o que mais Ele carrega? 

Você! Ele o carrega em Seus braços! Então, por que você ainda se preocupa?


--
Atenciosamente


Amanda S. Fujimura