12 de mar de 2009

Recebi este e-mail a poucos dias, de uma prima.

"Mãe!

Fui a uma festa, e me lembrei do que você me disse.
Você me pediu que eu não tomasse álcool,mãe...

Então, ao invés disso, tomei uma 'Sprite'.

Senti orgulho de mim mesma, e do modo como você disse que eu me sentiria e que não deveria beber e dirigir.

Ao contrário do que alguns amigos me disseram, fiz uma escolha saudável, e teu conselho foi correto.

E quando a festa finalmente acabou, e o pessoal começou a dirigir sem condições...

Fui para o meu carro, na certeza de que iria para casa em paz ..

Eu nunca poderia imaginar o que estava me aguardando, mãe...

Algo que eu não poderia esperar ....

Agora estou jogada na rua, e ouvi o policial dizer:

O rapaz que causou
este acidente estava bêbado'...

Mãe; sua voz parecia tão distante...

Meu sangue está escorrido por todos os lados e eu estou tentando com todas as minhas forças, não chorar...

Posso ouvir os para-médicos dizerem:

- 'A garota vai morrer' .

Tenho certeza de que o garoto não tinha a menor idéia, enquanto ele estava a toda velocidade, afinal, ele decidiu beber e dirigir, e agora tenho que morrer..

Então por que as pessoas fazem isso, mãe?

Sabendo que isto vai arruinar vidas ?

E agora a dor está me cortando como uma centena de facas afiadas...

Diga a minha irmã para não ficar assustada, mãe!

Diga ao Papai que ele seja forte. E quando eu for para o céu, escreva 'Garotinha do Papai' na minha sepultura.

Alguém deveria ter dito aquele garoto que é errado beber e dirigir.

Talvez, se seus pais tivessem dito, eu ainda estaria com

Possibilidades de continuar viva.

Minha respiração está ficando mais fraca, mãe, e estou realmente ficando com medo...

Estes são meus momentos finais e me sinto tão despreparada ..!

Eu gostaria que você pudesse me abraçar, mãe... Enquanto estou

Estirada aqui, morrendo, eu gostaria de poder dizer que te amo, mãe.!

Então.... Te amo e adeus...!'

Essas palavras foram escritas por um repórter que presenciou o acidente. A jovem, enquanto agonizava, ia dizendo as palavras e o repórter, anotando...

Muito chocado, este repórter iniciou uma campanha esperando conseguir 5.000 assinaturas neste e-mail e então passá-lo para o Presidente.

Se este e-mail chegou ate você e você o deletar, você pode estar perdendo a chance de conscientizar mais e mais pessoas, fazendo com que sua vida TAMBÉM CORRA PERIGO!

E este
pequeno gesto pode fazer uma grande diferença! Assine-o por favor e junte-se a 'campanha'!

Clique na opção ENCAMINHAR e-mail e, então, acrescente seu nome ao fim da lista e mande-o para todas as pessoas que você conhece.

Estamos esperando conseguir 5.000 assinaturas neste e-mail e então passá-lo para o Ministro da Justiça e para o Presidente.

É tão pouco pedir que vocês assinem este e-mail...! E este pequeno gesto pode fazer uma grande diferença!

Não esqueça de adicionar o seu nome no final da lista ! A situação está se tornando insustentável... Você pode estar fazendo algo para mudar isso!!!

*Atenção*, se você for a 5.000ª pessoa a assinar este e-mail, encaminhe-o para:

governo@brasil.gov.br

denatran@mj.gov.BR

01 - Antonio Carlos Ponsi Portela - Porto Alegre - RS
02 - Paulo Monforte - Brasília - DF
03 - Renata Costa - (Victória) - São Paulo SP
04 - Ricardo Costa Brunetti - São Paulo -SP
05 - Luiz Carlos da Silva - Osasco - SP
06 - Danila Rodrigues da Silva - Jandira - SP
07 - Wellington M. Inácio - -Brasília - DF
08 - Mauricio Rodrigues da Costa - São Paulo - SP
09 - Ana Paula da Cruz - São Paulo - SP
10 - Valdinei Oliveira de Souza Pereira -Osasco/SP
11 - Sandra ....."

Daí eu pergunto: pra que fazer isso?
A lei já não existe?
O que vai mudar???

O que deve mudar não é a lei: nossa Lei Seca é uma das mais rigorosas do mundo. Duas coisas devem mudar:

1ª. A forma como a lei é aplicada (convenhamos que ela é um grande fracasso, devido à falta de fiscalização.. os dados constatam que praticamente nada mudou nas nossas ruas e rodovias)

2ª. A conscientização da população, que já sabe de tudo isso, mas insiste em dar um gole e pegar na boléia.

Acho que ficar falando sobre isso é desnecessário. Atitude sim, isso muda a realidade. Mas quem faz algo de útil? Eles continuam bebendo, continuam matando, a lei continua sendo inútil, e nós continuamos a reclamar desse sistema ineficaz... Bah...
(...)

Nenhum comentário: